19.5 C
Brasília
domingo, 14 julho, 2024

China pede aos EUA que ‘parem de saquear a Síria’, em meio a denúncia de contrabando de trigo

© AP Photo / Liu Zheng

Sputnik – Pequim instou Washington a acabar com o envio ilegal de tropas à Síria e a parar de saquear os recursos do país, disse nesta quarta-feira (3) uma porta-voz do Ministério das Relações Exteriores do país asiático.

A alta funcionária, Mao Ning, fez as observações em uma coletiva de imprensa diária, quando questionada sobre um relatório que alega que os militares dos Estados Unidos na Síria estão envolvidos no transporte ilegal de trigo, ao usarem mais de dez caminhões por dia para contrabandear os grãos.
A porta-voz lembrou que a Síria era uma nação exportadora de trigo, mas atualmente cerca de 55% da sua população enfrenta insegurança alimentar, uma situação pela qual Washington tem uma responsabilidade inevitável.

“Os fatos mostram que os Estados Unidos têm explorado recursos sob o pretexto da luta contra o terrorismo. Os EUA continuam a falar sobre a proteção dos direitos humanos, mas violam os direitos das pessoas à subsistência e à vida em outros países. Embora aleguem defender a democracia, a liberdade e a prosperidade, na realidade estão constantemente criando crises humanitárias”, salientou Mao, citada pela agência Xinhua.

Washington deve respeitar seriamente a soberania e a integridade territorial da Síria, cessar imediatamente o envio das suas tropas militares ao país, parar de saquear os seus recursos nacionais e tomar medidas concretas para compensar os danos causados ​​ao povo sírio, acrescentou a porta-voz.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS