11.5 C
Brasília
domingo, 14 julho, 2024

Chile usará Inteligência Artificial para melhorar a segurança

Santiago do Chile, 4 de agosto (Prensa Latina) As autoridades chilenas estão preparando hoje um sistema piloto de vigilância remota, que inclui Inteligência Artificial, para ajudar a melhorar a segurança e combater o crime em 14 municípios da Região Metropolitana.

O projeto resulta da colaboração entre os setores público e privado e o meio científico e terá início numa zona onde vivem mais de dois milhões de pessoas e onde se concentram os maiores índices de vulnerabilidade sociocriminal.

A ideia é conectar todas as câmeras de videomonitoramento de entidades como prefeituras, prefeituras, rodovias, metrô, shopping centers e estacionamentos a uma plataforma comum que será seguida pelo Centro de Operações e Comunicações dos Carabineros.

Isso permitirá o reconhecimento facial de fugitivos ou desaparecidos, bem como de veículos roubados ou usados ​​para cometer crimes.

A polícia, a Polícia de Investigações e o Ministério Público terão acesso às imagens para gerar provas em processos judiciais ou atuar preventivamente.

Após a assinatura dos contratos exigidos pela Inteligência Artificial, a implantação do sistema está prevista para ocorrer durante o ano de 2024.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS