Brasília, 6 de dezembro de 2021 às 09:06
Selecione o Idioma:

Venezuela

Postado em 22/11/2021 11:11

Chavismo faz 20 governadores em 23 estados nas eleições regionais da Venezuela

.

Na Venezuela o voto é facultativo e cerca de 8,1 milhões, equivalente a 41 % do eleitorado, participaram das eleições regionais – Michele de Mello / Brasil de Fato
Com 90,2% da apuração concluída, presidente Nicolás Maduro convocou governadores e prefeitos a “trabalhar pelo país”
Michele de Mello
Brasil de Fato | Caracas (Venezuela) |

Na Venezuela, o chavismo venceu as eleições regionais, aumentando sua presença nos govenos estaduais. Com 90,21% da apuração concluída, o Grande Polo Patriótico, chapa encabeçada pelo partido governante PSUV, obteve 20 governadores, enquanto a oposição aglutinada na Mesa de Unidade Democrática (MUD) venceu em três estados (Zulia, Nueva Esparta e Cojedes).

O voto no país é facultativo e cerca de 8,1 milhões de pessoas participaram, equivalente a 41,8% do eleitorado. O Conselho Nacional Eleitoral (CNE) ainda não apresentou o balanço para as prefeituras, mas confirmou que a candidata Carmen Meléndez (GPP / PSUV) venceu a corrida para o governo da capital Caracas.

:: O que está acontecendo na Venezuela? Veja cobertura completa :: 

“Novamente se impôs o espírito democrático venezuelano. Foi uma jornada sem ocorrências notáveis que mostram a vitalidade e fortaleza do processo eleitoral”, destacou o presidente do CNE, Pedro Calzadilla, ao informar o primeiro boletim com resultados.

Já o presidente Nicolás Maduro celebrou a vitória do seu partido e convocou todos os governadores a “fazer planos conjuntos e apoiar os estados que os respaldaram”, comentou o chefe de Estado durante celebração no Palácio de Miraflores.

Maduro também convocou todos os setores a reconhecer os resultados, “somente pela via do diálogo e respeito institucional podemos avançar. Quero acreditar numa nova história de respeito à democracia”, afirmou Maduro.

O coordenador de campanha da Mesa de Unidade Democrática, Ángel Palmeri, também comemorou o resultado, “apesar dos obstáculos vencemos, avançamos. O que temos de agora em diante é que seguir construindo a mudança definitiva com as ferramentas necessárias”, declarou.

Nesta segunda-feira (22), as juntas regionais do poder eleitoral venezuelano deverão oferecer os resultados sobre as 335 prefeituras, 253 deputados estaduais e 2,4 mil vereadores eleitos no último domingo (21).

Veja detalhe da votação de cada estado

Caracas:
Carmen Meléndez (PSUV): 360.389 votos (58.93%)
Antonio Ecarrí (Lapiz): 95.045 votos (15.54%)
36,32% de participação

Amazonas: 
Miguel Rodríguez (PSUV): 16.591 votos (40.16%)
Maulinmer Ruiz (MUD): 10.790 votos (26.12%)
43,98% de participação

Anzoátegui:
Luis José Marcano (PSUV): 213.511 votos (45.98%)
José Brito (Primero Venezuela): 132.733 votos (28.58%)
43,29% de participação

Apure:
Eduardo Piñate (PSUV): 64.601 votos (43.33%)
Jean Lipa (MUD): 62.708 votos (42.06%)
47,12% de participação

Aragua:
Karina Karpio (PSUV): 243.393 votos (51.76%)
Luis Martínez (AD): 94.117 votos (20.02%)
36,60% de participação

Barinas:
Argenis Chávez (PSUV): 93.097 votos (37.05%)
Freddy Superlano (MUD): 92.424 votos (36.79%)
45,49% de participação

Bolívar:
Ángel Marcano (PSUV): 147.219 votos (42.10%)
Raúl Yusef (MUD): 73.572 votos (21.04%)
36,44% de participação

Carabobo:
Rafael Lacava (PSUV): 323.176 votos (54.94%)
Vicencio Escarano (MUD): 142.980 votos (24.31%)
36,67% de participação

Cojedes:
José Alberto Galindez (MUD): 64.171 votos (48.52%)
Nosliw Rodríguez (PSUV): 49.023 votos (37.7%)
54,17% de participação

Delta Amacuro:
Lizeta Hernández (PSUV): 32.497 votos (59.95%)
Felipe Gómez (MUD): 12.988 votos (23.96%)
46,09% de participação

Falcón:
Víctor Clark (PSUV): 125.674 votos (43.39%)
Eliezer Siric (MUD): 96.803 votos (33.42%)
46,14% de participação

Guárico:
José Vásquez (PSUV): 97.725 votos (47.07%)
Octavio Orta (AD): 81.016 votos (39.02%)
45% de participação

La Guaira:
José Alejandro Terán (PSUV): 75.681 votos (50.12%)
José Olivares (MUD): 63.446 (42.02%)
49,55% de participação

Lara:
Adolfo Pereira (PSUV) 237.008 45.91%
Henri Falcón (Avanzada Progresista): 214.564 (41.56%)
41,47% de participação

Mérida:
Jehynson Guzmán (PSUV): 106.645 votos (40.42%)
Ramón Guevara (MUD): 89.826 votos (34.05%)
44,52% de participação

Miranda:
Héctor Rodríguez (PSUV): 396.192 votos (48.19%)
David Uzcátegui (Fuerza Vecinal): 335.508 votos (40.81%)
39,53% de participação

Monagas:
Ernesto Luna (PSUV): 141.033 votos (45.59%)
Piero Maroun (MUD): 125.793 votos (40.67%)
48,08% de participação

Nueva Esparta:
Morel Rodríguez (Fuerza Vecinal): 81.683 votos (42.56%)
Dante Rivas (PSUV): 75.293 votos (39.23%)
50.60% de participação

Portuguesa:
Primitivo Cedeño (PSUV): 127.676 votos (45.78%)
María Martínez (MUD): 56.015 votos (20.09%)
46,72% de participação

Sucre:
Gilberto Pinto (PSUV): 139.584 votos (46.71%)
Ramón Martínez (MAS): 93.563 votos (31.31%)
48,44% de participação

Táchira:
Freddy Bernal (PSUV): 136.779 votos (41.03%)
Laidy Gómez (AD): 133.925 votos (40.17%)
38,28% de participação

Trujillo:
Gerardo Márquez (PSUV): 101.136 votos (41.48%)
Carlos González (MUD): 68.848 votos (28.24%)
46,29% de participación

Yaracuy:
Julio León (PSUV): 98.996 votos (45.89%)
Biaggio Pillieri (MUD:) 68.317 (31.67%)
51,31% de participação

Zulia:
Manuel Rosales (MUD): 505.059 votos (56.90%)
Omar Prieto (PSUV): 319.864 (46.03%)
43,98% de participação

* Resultados preliminares oferecidos pelo Conselho Nacional Eleitoral da Venezuela 

Comentários: