Brasília, 4 de agosto de 2022 às 15:11
Selecione o Idioma:

Cuba

Postado em 14/11/2021 12:13

Bombeiros de Cuba comemoram 325 anos de existência

.

O primeiro-ministro cubano, Manuel Marrero Cruz, enviou por Twitter uma carinhosa mensagem ao Corpo de Bombeiros de Cuba, que qualificou de “heróis anônimos que, no cumprimento do dever, colocam em risco suas próprias vidas”.

Além disso, o General Lázaro Alberto Álvarez Casas, Ministro do Interior (MININT), os felicitou pelo 325º aniversário de sua fundação no dia 13 de novembro, “com uma história cheia de feitos heróicos e desperdício de coragem que compõem páginas gloriosas”, afirmou. diz Cubasí.

Quanto mais complexos os desafios e desiguais as circunstâncias, maiores serão as exigências sobre sua capacidade e habilidade de resposta, afirma o também membro do Birô Político do Comitê Central do Partido Comunista de Cuba.

Em 13 de novembro de 1696, foi criado o primeiro corpo de bombeiros cubano em Santa Clara. Por isso, todo ano nosso país comemora o Dia do Bombeiro.

Os bombeiros são uma parte essencial da sociedade. Salvaguardas da vida, humana, animal e natural. Quanto eles não economizam diariamente dos perigos mais mortais! Esses trabalhadores, que enfrentam circunstâncias extremas, dedicam-se anos ao nobre trabalho de garantir a segurança de todos. 

Um dia não basta para lembrá-los e agradecê-los. Um dia é apenas um pouquinho de gratidão eterna. No meio de um acidente, um homem ou uma mulher “protegidos” pelo uniforme corre o risco de morte. Mas esse homem ou essa mulher tem família e uma convicção profunda que os afasta de todo egoísmo, porque sua tarefa é salvar vidas e isso vem primeiro.

Eles têm um instinto protetor polido, perpetrado por amor e por amor, que as pessoas respeitam e admiram.

Comentários: