Brasília, 28 de janeiro de 2022 às 22:14
Selecione o Idioma:

Internacional

Postado em 06/01/2022 4:51

Aumento notável nas exportações de camarão vietnamita

.

Hanói (Prensa Latina) As exportações vietnamitas de camarão em 2021, no valor de 3,8 bilhões de dólares, consolidaram o país como o principal fornecedor de peixes e mariscos do Sudeste Asiático, informaram nesta quinta (06) autoridades do sindicato.

Segundo a Associação Nacional dos Processadores e Exportadores de Produtos da Aquicultura (Vasep), essa soma representou 45% dos embarques de pescados e também consolidou o país como o segundo maior vendedor desses itens na Ásia e o quinto no mundo.

Tais resultados – três por cento a mais que em 2020 – foram alcançados apesar das dificuldades geradas pela pandemia Covid-19, que no terceiro trimestre forçou o fechamento de vários centros de processamento no delta do rio Mekong, responsáveis por quatro quintos da produção nacional do crustáceo.

O secretário-geral de Vasep, Truong Dinh Hoe, disse que a indústria do camarão está em posição de crescer em média 9% ao ano até 2025, elevando as exportações naquele ano para US $ 5,6 bilhões.

Isso seria alcançado aumentando a produtividade, como nos cinco anos anteriores. De 2016 a 2021, as capturas cresceram 10 por cento, apesar do fato de que a área sob exploração cresceu apenas 1,5 por cento.

O Vietnã destina uma área de mais de 740 mil hectares à carcinicultura e tem uma produção média anual de 900 mil toneladas.

O país também é o maior produtor mundial de camarão tigre (Penaeus monodon) com mais de 250 mil toneladas por ano.

Comentários: