14.5 C
Brasília
quinta-feira, 18 julho, 2024

Argélia busca cooperação da Tunisia para promoção turística

Argel (Prensa Latina) A Argélia estabeleceu um acordo com a Tunísia para fortalecer a indústria do turismo, um dos pilares que deve ajudar aqui a diversificar a economia, focada até agora nos hidrocarbonetos.

Ambas as partes manifestaram interesse em ligações de geminação que facilitem a troca de conhecimentos, a gestão imobiliária em zonas de expansão turística e a concepção de cenários comuns para o desenvolvimento das regiões fronteiriças.

O diretor-geral da Agência Nacional de Terras Turísticas (ANFT) da Argélia, Mehnaoui Salim, destacou que a colaboração com o seu homólogo tunisino permitirá a aquisição de experiências em benefício de futuros investidores.

O compromisso foi selado esta sexta-feira durante a celebração em Argel da Feira Internacional de Turismo e Viagens (SITEV), que conta com a presença de cerca de 300 expositores e representações de 25 nações.

Segundo o responsável argelino do sector, Mokhtar Didouche, o país recebeu mais de 800 mil visitantes estrangeiros no primeiro trimestre do ano, num cenário de forte investimento e ligações com operadores turísticos.

Actualmente, estão em carteira cerca de 800 projectos relacionados com a chamada indústria do lazer, dos quais 60 são concluídos anualmente, o que equivale a seis mil camas, detalhou ontem o responsável na abertura da feira.

Antigas cidades fortificadas, ruínas romanas e as areias do Saara fazem deste território africano um local potencialmente atraente para turistas de todo o mundo, afirmam especialistas na área.

As localizações de Constantina, Oran e da capital, Argel, podem ser especialmente atraentes; os antigos postos romanos de Djemila e Timgad, ambos declarados Património Mundial, ou os mares de dunas do Grande Ergs que colidem com os maciços de arenito de Hoggar e Tassili n’Ajjer.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS