Brasília, 17 de junho de 2021 às 04:32
Selecione o Idioma:

Cultura

Postado em 13/05/2021 3:24

Acervo digital documenta a história da Cantina da Lua, um dos bastiões de resistência cultural do Centro Histórico de Salvador

.

Identidade visual do Memorial Cantina da Lua. Autor: Tiago Ribeiro

O Projeto Cultural Cantina da Lua e o coletivo É Samba da Bahia! (ÉSBA!) promovem no próximo dia 18 de maio o lançamento do Memorial Cantina da Lua, acervo digital do estabelecimento que é um símbolo de resistência cultural e social do Centro Histórico de Salvador. A inauguração do portal será transmitida pelos canais do YouTube do É Samba da Bahia! (ÉSBA!) e da Cantina da Lua, em live que contará com a presença de Clarindo Silva e dos realizadores do projeto.

Atividade artística do Projeto Criançarte, realizada no Piso Lunar da Cantina da Lua, na década de 1990. Crédito: Acervo pessoal

Clarindo Silva, Martinho da Vila, Riachão e o conjunto Bambas de Sampa no Sesc Pompeia, em São Paulo, após o show “Se Deus quiser vou chegar aos 100”, em julho de 2019. Crédito: Antonio Brasiliano

Clarindo Silva em noite de lançamento na Cantina da Lua, na década de 1980. Crédito: Acervo pessoal

Clarindo Silva no palco do Projeto Cultural Cantina da Lua, em uma das edições da Festa da Bênção do ano de 1984. Crédito: Acervo pessoal

Fachada da Cantina da Lua durante reforma realizada no ano de 1974. Crédito: Edson Bonfim/Acervo pessoal

Aluísio Pimenta, ministro da Cultura na gestão de José Sarney, durante visita à Cantina da Lua em 1986. Crédito: Acervo pessoal

Clarindo Silva e Waldick Soriano durante inauguração da placa em homenagem ao cantor e compositor baiano na Cantina da Lua, na década de 1990. Crédito: Acervo pessoal

O Memorial Cantina da Lua abrigará um amplo acervo de fotografias, reportagens e documentos que contemplam a atuação de Clarindo Silva à frente da Cantina da Lua nos últimos 50 anos, além de uma linha do tempo que apresenta de forma detalhada a história do estabelecimento, desde a sua fundação até os dias de hoje. Uma seção biográfica de Mestre Calá, que evidencia a sua atuação permanente de luta e defesa pela região do Pelourinho, bem como um estudo apurado sobre o Projeto Cultural Cantina da Lua, também terão espaço no portal.

Para aqueles que frequentaram o local e não se esquecem dos saborosos tira-gostos, pratos e bebidas ali servidos, a seção que apresenta um inventário de receitas tradicionais da Cantina da Lua, certamente, será muito apreciada. Assim, os segredos de preparo da famosa Feijoada da Lua e do Angu Encubado, pratos que ganharam fama e já foram degustados por nomes como Gilberto Gil, Nelson Rufino, Pinduca, Bete Mendes e Carlinhos Brown, também fazem parte do acervo digital. Tais personalidades – e muitas outras -, aliás, não poderiam ficar de fora do Memorial e estarão contemplados com depoimentos em vídeo, apresentando suas memórias pessoais e afetivas sobre a Cantina da Lua e o seu ilustre anfitrião.

O acervo contará ainda com um webdoc, concebido exclusivamente para o Memorial Cantina da Lua, com roteiro e direção da documentarista, artista visual e musicista Seraina Gratwohl. Divido em três episódios, o documentário apresenta uma perspectiva da Cantina da Lua a partir das memórias e narrativas de Clarindo Silva, proprietário há 50 anos do estabelecimento que se tornou um dos principais núcleos do movimento de resistência social e artística iniciado no Centro Histórico de Salvador a partir da década de 1970. O clássico curta-metragem “A Resistência da Lua”, dirigido por Octavio Bezerra e com direção de fotografia de Miguel Rio Branco, além de dois livros que trazem como tema central a Cantina da Lua – “Memória da Cantina da Lua”, de Jehová de Carvalho, e “Memórias da Cantina da Lua”, de Clarindo Silva – também terão lugar no acervo digital.

A iniciativa é fruto de uma realização conjunta entre o Projeto Cultural Cantina da Lua e o coletivo É Samba da Bahia! (ÉSBA!) e foi contemplada pelo Prêmio Jaime Sodré de Patrimônio Cultural, da Fundação Gregório de Mattos, Prefeitura de Salvador, por meio da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc, com recursos oriundos da Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo, Governo Federal.

Sobre o Projeto Cultural Cantina da Lua

Fundado em 1983, o Projeto Cultural Cantina da Lua tem como principal objetivo “a luta pela revitalização do Centro Histórico e pela preservação da memória cultural da própria Bahia”, trazendo a educação, a arte e a cultura como seus pilares. Além de centenas de shows, o projeto promoveu, ao longo das últimas décadas, inúmeros lançamentos de livros e discos, exposições artísticas, festivais, exibições de peças teatrais e filmes e projetos voltados para a educação patrimonial através da arte. Conquistas políticas, como a manutenção do trajeto tradicional da Lavagem do Bonfim com saída da Igreja de Nossa Senhora da Conceição da Praia; a permanência dos festejos carnavalescos e da Festa de Santa Bárbara no Centro da cidade; e a inviabilização do projeto de lei que permitiria a verticalização da orla marítima da cidade, também foram logradas por meio da atuação do PCCL (Projeto Cultural Cantina da Lua). Neste ano de 2021, que marca o cinquentenário de Clarindo Silva à frente da Cantina da Lua, o PCCL segue atuando e promovendo ações culturais, artísticas e educativas, com a perspectiva de expansão para o espaço virtual.

Sobre o É Samba da Bahia! (ÉSBA!)

Criado em setembro de 2016, o É Samba da Bahia! (ÉSBA!) é um coletivo que atua na valorização e difusão do samba produzido no Estado da Bahia e está, atualmente, estruturado em três plataformas: Facebook, YouTube e Instagram. Além da atuação nas redes sociais, divulgando eventos e publicando fotos, textos, imagens e vídeos sobre o samba e os sambistas, do passado e do presente, de todo o Estado da Bahia, o coletivo também desenvolve projetos autorais em diferentes formatos digitais – em 2020, foram produzidos 50 episódios dos projetos “Samba da Bahia, todo mundo canta” (websérie), “Dendê na Roda” (live) e o “Samba de Dois-Dois” (live). Em 2021, o coletivo passou a atuar na produção de CDs e lives musicais, na organização de webinários, na criação de acervos digitais e na edição de livros, sempre trazendo o samba da Bahia como eixo norteador de suas ações.

Serviço

Lançamento do Memorial Cantina da Lua

Data: 18 de maio (terça-feira)

Horário: 17h

Onde: YouTube Cantina da Lua (www.youtube.com/c/CantinadaLua) e É Samba da Bahia! (https://youtube.com/c/esambadabahia)

Comentários: