Brasília, 2 de dezembro de 2021 às 13:03
Selecione o Idioma:

Papo do Dia

Postado em 25/05/2021 7:24

A FALSA OFENSIVA BOLSONARISTA

.

Promoção de comícios mostra que presidente sentiu os golpes.

Muito já se falou das provocações da “procissão em louvor ao vírus”, como apropriadamente chamou o senador Renan Calheiros. Foi uma agressão aos parentes dos quase meio milhão de mortos, desrespeito às determinações da cidade e do Estado do Rio de Janeiro e provocação ao Alto Comando do Exército.

Neste último caso, a presença provocadora do general que teme ser responsabilizado por seus atos e omissões na pandemia. Se o Exército não o punir Pazuello de forma dura, perde o comando da tropa; se o fizer, corre risco de Bolsonaro anular a punição, dobrando a aposta (a coluna aposta – oops – que o presidente dificilmente o faria, pois é mais próximo a bravatas).

Mas há um aspecto que, embora pareça secundário, é interessante para entender o quadro geral: as reações dos bolsonaristas na internet. Se uma frase pudesse sintetizar o ânimo dos cada vez menos frequentes apoiadores de Bolsonaro, seria: “O mito não morreu.”

O que pode parecer uma ação é, na verdade, uma falsa ofensiva. As hostes bolsonaristas sentiram o golpe de perda de popularidade, crescimento da candidatura de Lula, alta dos preços e avanço assustador da pandemia. As provocações miram levantar o moral da trupe. Mais do mesmo, e cabe aos demais atores, Exército inclusive, avaliar com atenção os passos a tomar. Bolsonaro pode ter se inspirado em Mussolini, mas o ato está mais para o putsch de Hitler em 1923.

Adeus, carne

Pesquisa realizada no final do ano passado pelo Ibope e coordenada pelo The Good Food Institute (GFI) aponta que 50% dos brasileiros afirmaram ter reduzido o consumo de proteína animal em 12 meses.

A pesquisa não informa o motivo, se foi o forte aumento de preços no ano passado – como a queda maior no Nordeste parece indicar – ou a busca por melhor qualidade alimentar.

Neste segundo caso, o Programa EscolhaVeg, desenvolvido pela organização internacional Mercy For Animals, visa auxiliar as organizações a trabalharem com a inclusão e promoção de opções 100% vegetais em seus portfólios.

Avestruz

Cabe ao TSE punir o ato político-eleitoral de Bolsonaro, clara campanha antecipada e abuso de poder econômico, ao utilizar verbas e estrutura públicas para benefício próprio, ou enfiar a cabeça na terra e fazer de conta que nada aconteceu.

Rápidas

O Departamento de Direito da PUC-Rio promove a série “Direito em Debate”, às terças-feiras, das 19h30 às 20h. Nesta terça, a professora Isabella Guerra convida o professor Johny Giffony para debater “A Convenção 169 da OIT sobre Povos Indígenas e Tribais”. Inscrições aqui *** “A obra jornalística e as novas mídias: uma reflexão na questão da proteção autoral e do Direito da Concorrência” será o tema do webinário que o IAB realizará nesta terça, às 10h30, no canal TVIAB no YouTube *** O Sistema CFC/CRCs celebra 75 anos de criação e da regulamentação da profissão contábil. Um seminário comemorativo ocorrerá nesta quinta, das 9h às 17h. O evento será transmitido pelo canal do CFC no YouTube.

Comentários: