Brasília, 13 de maio de 2022 às 14:46
Selecione o Idioma:

Especiais

Postado em 25/01/2022 10:21

Universidade com um papel social ativo e não centrado nas elites

.

Que a produção acadêmica das universidades seja expressa, com crescente impacto, na consolidação de um empreendimento estatal socialista eficaz e eficiente, e ajude a fortalecer os novos atores econômicos, é uma dessas formas urgentes que ajudam o país, em sua resistência criativa, a acelerar seu desenvolvimento com plena soberania.

Dada sua importância, o tema será discutido no 13º Congresso Internacional Universidade 2022, que acontecerá de 7 a 11 de fevereiro em Havana, e cuja palestra inaugural: Gestão governamental baseada na ciência e na inovação: avanços e desafios, será ministrada pelo primeiro secretário do Comitê Central do Partido e presidente da República, Miguel Díaz-Canel Bermúdez, de acordo com uma entrevista coletiva realizada em 24 de janeiro.

Sob o slogan «Universidade e inovação para o desenvolvimento sustentável e inclusivo», o programa do evento inclui cinco fóruns temáticos, 25 workshops e sete simpósios, nos quais participarão cerca de 140 delegados de 23 países confirmados, bem como ministros e vice-ministros de várias nações, incluindo Rússia, Venezuela, México, Ucrânia, Espanha e China.

Intelectuais da estatura de Frei Betto e Atilio Borón darão prestígio ao evento, no qual Frances Pedró, diretora do Instituto Internacional de Ensino Superior da Unesco na América Latina e no Caribe, também ministrará uma palestra.

Foi especificado que a delegação cubana será reduzida em sua variante presencial, embora a participação seja maciça graças à conexão virtual de cada universidade do arquipélago.

Além de insistir que será assegurado o estrito cumprimento dos protocolos de vigilância epidemiológica, a vice-ministra de Educação Superior, Doutora em Ciências Miriam Alpízar Santana, disse que a Universidade 2022 será um espaço para «compartilhar experiências, boas práticas, aprendizagem e ensino, incluindo o que a Universidade contribuiu para a luta contra a Covid-19″, com seus estudantes e professores diretamente ligados aos centros de isolamento, evidência de seu papel social ativo, e não um papel contemplativo ou de elite.

Comentários: