Brasília, 18 de janeiro de 2022 às 14:23
Selecione o Idioma:

Venezuela

Postado em 19/08/2020 5:32

Turquia vai construir hospital na Venezuela para celebrar 70 anos de diplomacia

.

Venezuela e Turquia acordaram criar um Conselho Binacional de Cooperação e Comércio – Chancelaria Venezuela
Chanceler turco Mevlüt Çavuşoğlu visitou Caracas e assinou novos acordos de cooperação com o governo bolivariano
Michele de Mello
Caracas (Venezuela) 

O chanceler da Turquia Mevlüt Çavuşoğlu afirmou nesta terça-feira (18), durante encontro com o presidente venezuelano Nicolás Maduro, que a empresa turca Summa irá construir um hospital com 25 mil m² e capacidade para 288 leitos na Venezuela.

O anúncio veio junto a um novo envio com 20 toneladas de ajuda humanitária, incluindo equipamentos de proteção individual (EPIs) e provas rápidas de diagnóstico da covid-19.

O governo venezuelano recebeu uma visita oficial do chanceler turco  para assinar uma nova declaração de cooperação entre os países. O encontro com  o presidente venezuelano Nicolás Maduro, sua vice, Delcy Rodríguez e o ministro de Relações Exteriores Jorge Arreaza, marca os 70 anos de diplomacia entre as nações.

“Devido à pandemia tivemos que adiar as atividades de celebração mas minha visita poderá marcar beneficamente esta ocasião. Somos irmãos e estamos nos ajudando em um momento difícil, somos amigos da Venezuela nas boas e nas ruins”, afirmou o ministro turco.


“Avançamos juntos na construção de um mundo multipolar”, declarou o chanceler venezuelano. / Chancelaria Venezuela

Cooperação econômica

O chanceler venezuelano reforçou que a relação mútua era “desinteressada” e destacou a posição da Turquia de rechaçar as sanções unilaterais dos Estados Unidos.

Com a vice-presidenta executiva, Delcy Rodriguez, o ministro do presidente Recep Tayip Erdogan assinou o documento de criação do Conselho Binacional de Cooperação e Comércio Venezuelano-turco (DEIK). Até a metade de 2018, o intercâmbio comercial entre os dois países girava em torno de US$ 900 milhões.

“Vemos as possibilidades de comércio dos produtores venezuelanos ao mercado turco como madeiras, frutas, chocolate, cacau, café e outros produtos agroalimentários, além de petroquímicos e minerais”, afirmou Rodríguez.

Çavuşoğlu assegurou que a administração de Erdogan pretende retomar com um frequência de sete voos semanais Ankara – Caracas com a Turkish Airlines assim que o espaço aereo venezuelano for reaberto, assinando um acordo 2020 – 2021 de turismo entre ambos países.

A expectativa é que os voos sejam retomados a partir de 9 de setembro, quando termina a última extensão anunciada pelo presidente Maduro do Estado de Alerta Nacional.

Brasil de Fato

Comentários: