Brasília, 22 de janeiro de 2022 às 04:50
Selecione o Idioma:

Internacional

Postado em 19/02/2016 12:04

Rússia e Irã finalmente assinam contrato de entrega de mísseis S-300

.

© Sputnik/ Aleksei Danichev
Rússia e Irã assinaram um contrato de compra de sistemas russos de defesa anti-aérea S-300 pelo Teerã, com data de entrega a ser anunciada em breve, declarou nesta quinta-feira (18) o chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas iranianas Hassan Abadi Feyruz.

“O contrato de entrega de sistemas S-300 foi assinado. No entanto, os prazos de envio e recebimento serão anunciados em breve” – disse Feyruz.

Kremlin, por sua vez, declarou que os prazos concretos de entrega dos equipamentos estão dependendo da definição da questão do pagamento do contrato.

Já o ministro da Defesa do Irã, Hossein Dehghan, chegou a informar que a entrega do primeiro lote dos sistemas russos S-300 seria realizada no decorrer do primeiro semestre de 2016.

Uma fonte exclusiva da Sputnik, ligada às negociações, revelou que Dehghan participará nesta quinta-feira, em Astracã, de uma cerimônia, a portas fechadas, do envio do primeiro lote dos S-300 russos para o Irã. Supõe-se que a carga seja enviada a partir de um porto desta cidade russa através do Mar Cáspio.

O contrato de entrega dos sistemas russos ao Irã havia sido assinado ainda em 2007, mas acabou sendo anulado após o Conselho de Segurança da ONU ter aprovado a Resolução 1929 com sanções ao Irã, em 2010. Apesar disso, em abril de 2015 o presidente russo Vladimir Putin assinou um decreto permitindo que o acordo fosse retomado. Em julho daquele ano, o levantamento das sanções contra a República Islâmica abriu as portas para que a venda fosse finalmente concluída.O descumprimento do primeiro contrato em 2010 fez com que Teerã abrisse um processo judicial contra Moscou, no valor de US$ 4 bilhões. Com a retomada do acordo, no entanto, as partes chegaram a um acordo e ação foi retirada.

Leia mais: http://br.sputniknews.com/defesa/20160218/3617665/russia-ira-assinatura-contrato-entrega-misseis-s-300.html#ixzz40ZjclEpc

Comentários: