Brasília, 12 de agosto de 2022 às 12:55
Selecione o Idioma:

Internacional

Postado em 23/06/2022 10:38

Putin: Rússia está pronta para desenvolver mais parceria próxima com membros do BRICS

.

Sputnik – Ao discursar nesta quinta-feira (23) no Fórum Empresarial do BRICS, o presidente russo, Vladimir Putin, confirmou a prontidão russa de desenvolver ainda mais a parceria com os membros do bloco.

O mandatário russo afirmou que a autoridade do BRICS na arena mundial aumenta constantemente, o que está ligado a seu potencial econômico, político e social.

“Os países da nossa união estão aprofundando a cooperação em todo o espectro das questões da agenda regional e global, e a autoridade e a influência do BRICS na arena global têm aumentado ano a ano com firmeza“, constatou Putin na cúpula.

“A complexidade e o caráter transnacional dos desafios e ameaças ante a comunidade internacional exigem uma busca de respostas coletivas com participação ativa de nossa união. Nós repetidamente falamos que apenas em parceria se pode resolver tais tarefas como a solução de conflitos, combate ao terrorismo e à criminalidade organizada, inclusive o uso criminoso de novas tecnologias, a resistência às mudanças climáticas e à disseminação de infecções perigosas”, especificou em seu discurso.
Putin destacou que só na base de cooperação honesta e de benefício mútuo é possível encontrar saída da situação de crise desenvolvida na economia mundial “devido às ações mal pensadas e egoístas de determinados Estados”.

“Estamos certos: agora, como nunca, a liderança dos países do BRICS é urgente na elaboração da linha positiva e unificadora para formar um sistema verdadeiramente multipolar das relações interestatais, baseado em padrões reconhecidos por todos do direito internacional e princípios-chave da Carta da ONU”, conforme suas palavras.

Nesta quinta-feira, 23 de junho, ocorre a XIV Cúpula dos cinco membros do BRICS, com participação de seus líderes em formato de videoconferência.
Por sua vez, o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, disse que o país considera o formato do BRICS um modelo de cooperação para seus integrantes.

“Para o Brasil, o BRICS é o modelo de cooperação baseado em ganhos para todas as partes envolvidas e a comunidade internacional como um todo. Por essa razão, devemos eleger as prioridades com responsabilidade e transparência”, disse o presidente da República.

“Devemos somar esforços em busca da reforma das organizações internacionais: como o Banco Mundial, o FMI e os sistemas das Nações Unidas, em especial, o seu Conselho de Segurança. O peso crescente das economias emergentes, em desenvolvimento, deve ter a devida e merecida representação”, adicionou Bolsonaro.

Comentários: