Brasília, 4 de dezembro de 2021 às 14:45
Selecione o Idioma:

Sem Titulo

Postado em 04/05/2016 4:11

Pelo menos 40 jornalistas morreram no mundo todo desde o início de 2016

.

© AFP 2016/ SERGEI SUPINSKY
Pelo menos 40 jornalistas morreram em 18 países do mundo desde o início de 2016, informou o relatório da organização independente Press Emblem Campaign (PEC) sediada em Genebra.
Correspondentes de guerra sírias Aurora Isa (esquerda) e Samar Abbas (direita)
SPUTNIK/KHALED AL-KHATIB

A organização também elaborou um índice para avaliar os países mais perigosos para a prática do jornalismo. A maioria dos jornalistas morreu no Afeganistão — oito no total. No México e no Iêmen morreram 5 jornalistas, respectivamente, e no Iraque e na Turquia foram três mortes em cada país. Na Síria e no Paquistão foram registradas duas mortes de jornalistas por país, segundo i relatório da PEC.

Leia mais: http://br.sputniknews.com/mundo/20160503/4419684/40-jornalistas-morreram-mundo-desde-inicio-2016.html#ixzz47iRTYv88

Comentários: