Brasília, 16 de agosto de 2022 às 13:06
Selecione o Idioma:

Chile

Postado em 27/11/2021 9:57

Intelectuais chilenos rejeitam programa da extrema direita

.

Santiago do Chile (Prensa Latina) Os intelectuais chilenos alertaram hoje sobre o perigo que representa para a democracia a candidatura presidencial do extrema-direita José Antonio Kast, da Frente Social Cristã.

Uma carta aberta assinada por acadêmicos, cineastas, prêmios nacionais e artistas rejeita o modelo de retrocesso, autoritário e excludente de sociedade proposto por Kast, que enfrentará o candidato de esquerda, Gabriel Boric, na votação de 19 de dezembro.

Os signatários repudiam o discurso de ódio e medo do porta-estandarte da extrema direita, que toma como pretexto as questões da migração, do crime e do terrorismo para exercer vigilância e controle policial sobre a população.

Kast também planeja reduzir o Estado em favor dos interesses privados, confiscar direitos sociais como saúde, educação, trabalho e moradia e beneficiar as elites empresariais, alerta a carta.

Os intelectuais denunciam que o candidato à presidência exalta a figura do ditador Augusto Pinochet por meio da negação de crimes comprovados contra a humanidade.

A carta é assinada por Elicura Chihuailaf e Diamela Eltit, prêmios nacionais de literatura de 2020 e 2021, respectivamente; os prêmios de artes Gonzalo Díaz, Paz Errázuriz, Gustavo Meza e Guillermo Núñez; o dramaturgo Alfredo Castro, a jornalista Faride Zerán e o cineasta Patricio Guzmán, entre outras personalidades.

Comentários: