Brasília, 11 de agosto de 2022 às 00:04
Selecione o Idioma:

Bolívia

Postado em 22/05/2022 8:52

Estatal boliviana YPFB reduz em 30% o fornecimento de gás ao Brasil

.

© Folhapress / Luiz Carlos Murauskas

Sputnik – Neste sábado (21), a Petrobras afirmou que ao longo de maio recebeu volumes de gás inferiores ao previsto em contrato com a estatal boliviana Yacimientos Petrolíferos Fiscales (YPFB).
Conforme publicou a Agência Brasil, a estatal disse em nota que a redução do envio de gás natural ao Brasil estaria dificultando o planejamento operacional da empresa.
“Tal redução da ordem de 30% não estava prevista e implica a necessidade de importações de volumes adicionais de gás natural liquefeito para atendimento aos compromissos de fornecimento da Petrobras”, disse a Petrobras.
Ainda segundo a agência, a estatal brasileira afirmou que está tomando medidas para garantir o cumprimento do contrato com a petrolífera boliviana.
Logotipo da Petrobras no Aeroporto Internacional de Cabo Frio - Sputnik Brasil, 1920, 21.05.2022
Logotipo da Petrobras no Aeroporto Internacional de Cabo Frio. Foto de arquivo
Assim como a Petrobras, a YPFB é uma das maiores empresas da Bolívia e também atua no mercado de hidrocarbonetos. No site da Petrobras foi divulgado há dois anos a celebração de contratos aditivos com a empresa boliviana para o fornecimento de gás.
A estatal brasileira salienta que o acordo é parte do “compromisso” com o processo de abertura do mercado brasileiro de gás natural com o objetivo de “estimular a concorrência” e a “entrada de novos agentes.

Comentários: