Brasília, 13 de agosto de 2022 às 18:53
Selecione o Idioma:

Brasil

Postado em 07/11/2019 10:07

Dilma: Bolsonaro assume de vez sua submissão a Trump

.

(Crédito: Chris Kleponis/Pool/Getty Images)

Do Conversa Afiada

É uma agressão ao povo cubano!

Da presidenta Dilma Rousseff, no Twitter, sobre a lastimável decisão do governo Bolsonaro de, pela primeira vez em 27 anos, levar o Brasil a votar na Assembleia Geral da ONU a favor do criminoso embargo econômico dos Estados Unidos contra Cuba, promovido desde 1962:

O governo Bolsonaro rompe com toda uma tradição diplomática e democrática do Brasil, ao votar na ONU, pela primeira vez em 27 anos, a favor do embargo americano contra Cuba, assumindo mais vez sua submissão ao governo Trump.

Bolsonaro agride 1 país e 1 povo que sempre agiram de forma fraterna com o Brasil. O bloqueio a Cuba, que já dura 52 anos, causou ao povo cubano um prejuízo social que soma US$ 1,39 trilhões. Uma tentativa calculada de genocídio, que a dignidade do povo cubano vem impedindo.

A esmagadora maioria dos países que são da ONU vota sistematicamente contra o embargo dos EUA. Este ano, votaram contra o bloqueio 187 países, e apenas três governos – Brasil, EUA e Israel – votaram a favor dessa imensa perversidade. Outros 2 se abstiveram – Colômbia e Ucrânia.

É a covardia de 5 governos ferindo os direitos de todo o povo cubano, mas que não conseguiu vencer na ONU a coragem de 187 países, que declaram seu repúdio a essa absurda desumanidade.

Gostou desse conteúdo? Saiba mais sobre a importância de fortalecer a luta pela liberdade de expressão e apoie o Conversa AfiadaClique aqui e conheça!

Comentários: