Brasília, 19 de janeiro de 2022 às 20:02
Selecione o Idioma:

Brasil

Postado em 10/11/2016 11:27

Destituição de Dilma foi um golpe apoiado pelos EUA, diz Oliver Stone

.

O cineasta Oliver Stone está no Brasil para o lançamento de seu mais recente filme, Snowden – Herói ou Traidor, e comentou sobre o impeachment da presidenta Dilma Rousseff em entrevista ao UOL. Para ele, foi “verdadeiramente a definição de um golpe de Estado e os Estados Unidos apoiaram. Eles reconheceram o novo governo imediatamente”.
Para Stone, destituição de Dilma foi “verdadeiramente a definição de um golpe de Estado”Para Stone, destituição de Dilma foi “verdadeiramente a definição de um golpe de Estado” Para fazer o filme sobre a trajetória de Snowden, Stone teve muitas dificuldades nos Estados Unidos. Além de não conseguir angariar recursos para a produção, nenhum estúdio aceitou o projeto. Em entrevista à época do lançamento em seu país, o diretor falou sobre uma “censura velada”. Ou seja, mesmo sem uma “ordem”, os profissionais da maior indústria da sétima arte do mundo preferiram “não se envolver” na história.
No Brasil, o filme estreia nesta quinta-feira (10). A obra faz um resgate da trajetória de Edward Snowden (Joseph Gordon-Levitt), servidor da NSA (Agência de Segurança Nacional) dos Estados Unidos que decidiu, em 2013, deixar o serviço e revelar a extensão do programa de vigilância do governo aos jornalistas Glenn Greenwald (Zachary Quinto) e Ewen MacAskill (Tom Wilkinson), além da cineasta Laura Poitras (Melissa Leo).
Os vazamentos mostraram que a NSA não estava apenas rastreando terroristas, mas vigiando líderes mundiais, como a então presidenta Dilma, e grandes corporações, como a Petrobras.
Stone é reconhecido por seu engajamento político em sua obra e um admirador declarado de líderes da esquerda na América Latina, entre eles Fidel Castro, Hugo Chávez e Lula. Entre outros filmes, já dirigiu Wall Street (1987), JFK – A Pergunta que Não Quer Calar (1991) e Meu Amigo Hugo (2014)
Do Portal Vermelho, com informações do UOL

Comentários: