Brasília, 26 de outubro de 2021 às 17:52
Selecione o Idioma:

Internacional

Postado em 09/09/2021 5:42

Coreia do Norte usa fatos de proteção e mostra armas convencionais no 73º aniversário da fundação

.

ÁSIA E OCEANIA

Sputnik – A Coreia do Norte celebrou o 73º aniversário de sua fundação com uma parada militar noturna na capital, informou a mídia local nesta quinta-feira (9), publicando fotos.

O líder norte-coreano Kim Jong-un participou da parada militar, com as forças paramilitares e de segurança pública da Guarda Vermelha Operário-Camponesa marchando pela Praça de Kim Il-sung de Pyongyang na noite desta quarta-feira (8), conforme a agência KCNA.

O jornal norte-coreano Rodong Sinmun publicou fotos de colunas marchando com fatos de proteção biológica e máscaras. Durante a parada foram exibidas armas convencionais, incluindo vários lançadores de foguetes e rebocadores transportando mísseis antitanque.

No entanto, não foram demonstrados mísseis balísticos, nem estes foram mencionados nas informações. Kim também não discursou, ao contrário da parada em outubro passado, quando falou da capacidade nuclear do país e apresentou mísseis balísticos intercontinentais nunca antes vistos.

O presidente chinês, Xi Jinping, enviou uma mensagem de felicitações ao líder norte-coreano por ocasião dos 73 anos da fundação da República Popular Democrática da Coreia, de acordo com Xinhua.

Em sua carta, Xi sublinhou o papel do Partido dos Trabalhadores da Coreia em unir e liderar o povo norte-coreano “para promover a causa do socialismo e alcançar grandes sucessos”, afirmando que os dois países têm uma relação de “companheiros e amigos”.

História da fundação

A história do atual sistema político da Coreia do Norte remota aos anos da Segunda Guerra Mundial. Em 1945, a península, colonizada pelo Japão desde 1910, foi ocupada pelas tropas dos aliados e dividida em duas zonas: a soviética no norte e a norte-americana no sul.

Inicialmente, era suposto que, depois de um tempo se unificariam, mas, à medida que as relações entre a URSS e EUA pioravam, nas duas zonas foram na prática formados sistemas políticos independentes.

Em 15 de agosto de 1948, a administração de Syngman Rhee proclamou a criação da Coreia do Sul, com Seul como capital. No norte, as autoridades pró-soviéticas fizeram o mesmo em 9 de setembro de 1948. Posteriormente, esta data foi declarada o Dia da Fundação da República.

Comentários: