Brasília, 21 de outubro de 2021 às 02:59
Selecione o Idioma:

Uruguai

Postado em 10/01/2020 4:53

Cinzas dos incêndios na Austrália entram na atmosfera do Uruguai

.

Montevidéu, (Prensa Latina) O Ministério da Saúde Pública do Uruguai emitiu alertas sobre as cinzas que entram na atmosfera do país a partir da Austrália, onde incêndios devoram enormes áreas de áreas arborizadas.
Embora ainda não tenha sido recebida pela agência, a notificação de eventos adversos emitiu uma série de recomendações para as quais foi levado em consideração que a fumaça dos incêndios pode ferir os olhos, irritar o sistema respiratório e os pulmões.

‘Mesmo pessoas saudáveis podem ficar doentes se houver uma quantidade suficiente de fumaça no ar’, sublinha a nota.

Também fornece uma lista de efeitos nocivos que incluem dificuldade em respirar normalmente, ardor nos olhos, irritação na garganta, coriza, dores no peito e na cabeça, ataques de asma, cansaço e batimentos cardíacos acelerados, com maior propensão em adultos mais velhos, Mulheres grávidas e crianças.

O Instituto Uruguaio de Meteorologia (Inumet) confirmou a entrada no território nacional de fumaça dos incêndios gerados na Austrália na segunda-feira.

Conforme explicado ‘os incêndios tomaram proporções gigantescas com fontes de calor muito grandes, como uma erupção vulcânica’ e suas partículas atingiram 13 mil quilômetros de onde começaram, atingindo altos níveis na atmosfera onde a circulação dos ventos é de leste para oeste.

Assim, eles atravessaram o Oceano Pacífico, chegaram ao Chile, atravessaram a Cordilheira dos Andes, chegaram à Argentina e entraram no Uruguai pelo sudoeste.

Comentários: