Brasília, 25 de janeiro de 2022 às 15:05
Selecione o Idioma:

Internacional

Postado em 27/11/2021 9:38

China posiciona forças navais e aéreas no estreito de Taiwan durante visita americana à ilha

.

© AP Photo / Mark Schiefelbein

O Comando do Teatro Leste do Exército de Libertação Popular da China (ELP) implantou forças navais e aéreas, em estado de prontidão de combate, para patrulhar o estreito de Taiwan.
De acordo com o porta-voz do Comando do Teatro Leste do ELP, coronel Shi Yi, citado pelo jornal Global Times, as ações são uma resposta à situação no estreito. O patrulhamento ocorre em meio à visita de uma delegação do Congresso dos EUA à ilha que, por sinal, é a segunda em um mês.
O ELP enviou à região oito aeronaves, incluindo um avião de alerta e controle aéreo KJ-500, uma aeronave antissubmarino Y-8, um bombardeiro estratégico H-6 e quatro caças J-16.
Submarino Yuan da Marinha Popular de Libertação da China, ancorado na Base Naval de Zhoushan. - Sputnik Brasil, 1920, 26.11.2021

VÍDEO mostra novo submarino da China saindo para o mar para rodada de testes
De acordo com especialistas chineses, o ELP estaria aguardando a chegada do avião dos congressistas norte-americanos, enquanto percorria a zona de identificação de defesa aérea sudoeste de Taiwan.
Os militares chineses permaneceram em alerta máximo e tomaram todas as medidas necessárias para lutar a qualquer momento contra a interferência de forças estrangeiras, afirmou o porta-voz.
Especialistas ainda afirmaram que a ação militar realizada pela China na sexta-feira (26) deixa claro que ela foi um aviso para alguns políticos americanos.

Comentários: