Brasília, 25 de novembro de 2021 às 05:12
Selecione o Idioma:

Chile

Postado em 13/03/2020 10:25

Chile realizará plebiscito apesar do COVID-19

.

Santiago do Chile, (Prensa Latina) O plebiscito constituinte previsto no Chile para o próximo dia 26 de abril se realizará apesar da propagação do COVID-19 pelo mundo e o aumento de casos no país sul-americano, informaram autoridades.
Em declarações à imprensa, o ministro de Saúde, Jaime Mañalich, disse que existem as garantias sanitárias para realização desse importante acontecimento.

Explicou que pediu ao Serviço Eleitoral (Servel) as permissões necessárias para montar postos de saúde nos centros de votação, especialmente naqueles que contem dentro de sua jurisdição com um grande número de eleitores.

O titular detalhou que as mesas de votação não serão alteradas e corresponderão às que já foram atribuídas pelas autoridades, dispondo assim de todos os esforços do Governo para seu pleno desenvolvimento.

‘Por isso, disse, o que vamos fazer é dedicar todo o esforço do Ministério de Saúde e todas as organizações do Estado para que este plebiscito se realize com a maior participação possível’.

Com o aumento dos casos de COVID-19 no Chile, onde até quinta-feira se contabilizavam 33 pacientes, as autoridades de saúde aumentaram as medidas para enfrentar a doença, caso continue em aumento e se converta em epidemia.

Já ontem, os organizadores do festival Lollapalooza Chile anunciaram sua suspensão e que buscarão uma nova data para a segunda metade do ano.

O Lollapalooza Chile 2020 estava programado para os dias 27, 28 e 29 de março no Parque O’Higgins desta capital, com a realização de mais de 100 espetáculos musicais e a presença de artistas internacionais como Guns N’Roses, The Strokes, Travis Scott, Lana del Rey, Martin Garrix e Gwen Stefani.

No entanto, o Ministério de Saúde recomendou à Associação Nacional de Futebol Profissional analisar a possibilidade de realizar os jogos de portas fechadas, o que foi aceito finalmente por essa instituição esportiva.

Segundo o acordo, o campeonato nacional será realizado sem público entre 19 de março e 19 de abril.

Comentários: